Direito de Greve março 2016


Descrição da Notícia:


Mais uma vez a história se repete e os trabalhadores têm sido pressionados e ameaçados por lutar por seus direitos.

O prefeito está usando terrorismo com os trabalhadores, alegando que a paralisação é ilegal, por causa da dengue.

Além de não conceder os direitos o prefeito Carlin do PC do B ainda tenta responsabilizar os trabalhadores pela falta de prevenção, responsabilidade da gestão.

Servidor, lutar é direito constitucionalmente garantido, greve é direito.

 Não se engane com as falas de quem finge estar ao lado dos trabalhadores, mas na realidade faz o jogo do governo. Quem está por trás de boatos para enfraquecer a nossa luta está fazendo isso a troco de interesses individuais, de favorecimentos pessoais.

Não vamos aceitar sofrer qualquer punição por exercer o nosso direito de greve.


PORTANTO,  SERVIDORES,  NÃO SE INTIMIDEM, GREVE É DIREITO.

 A Lei 7783/89 nos garante o direito de greve, para defender nossos interesses e buscar a melhoria da nossa condição social e econômica.

Qualquer atitude utilizada para intimidar e gerar medo nos trabalhadores, constituem atos anti-sindicais, tais como definidos na Convenção 98 da OIT (ratificada pelo Brasil, em 1952), que justificam, até, a apresentação de queixa junto ao Comitê de Liberdade Sindical da referida Organização.

Portanto nosso movimento é legítimo, qualquer um que vier com “papo furado” para tentar te convencer de mentiras que dividem a nossa luta, NÃO ACREDITE! Vamos repudiar esse tipo de atitude. Vamos mostrar nossa força e união contra o governo e os sabotadores. Vamos enfrentar os traidores com FORÇA E UNIÃO!
Sindicato Único dos Trabalhadores da Saúde de Contagem
Av. João César de Oliveira, 2771 • Sala 209 • Contagem - MG
Telefone: (31) 2559-6670 • e-mail: sindsaudecontagem@yahoo.com.br
(31) 8660-6993 Oi • 9824-4212 Vivo • 9304-0593 Tim • 8240-2330 Claro