Pauta Salarial 2017


Descrição da Notícia:

Pauta Salarial 2017
1 FINANCEIRO
1.1- Reajuste em parcela única de 35% para toda categoria.
1.2- Aumento do valor atual do cartão alimentação de 220,00 para R$ 400,00.
1.2.1- Mudança da bandeira do cartão alimentação.
1.2.2- Extensão do cartão alimentação para todos os trabalhadores independente de cargo, carga horária e setor de trabalho.
1.2.3- Não desconto do cartão alimentação por afastamento médico e férias.
1.3- Fim das extensões de jornada retornando as horas extras.
1.4- Liberação de flexibilização de jornada para farmacêuticos das farmácias distritais.
1.5- Insalubridade para todos os profissionais das Unidades de Urgência, Unidades
Básicas de Saúde, PSF, Farmácias, Equipe de Epidemiologia, Veterinários e Motoristas.
1.6 – Manter o pagamento do adicional de insalubridade no período de férias.
1.7 – Cálculo de adicional de insalubridade sobre o salário base de cada trabalhador.
1.8- Gratificação do Programa Saúde da Família para todos os profissionais lotados em PSF.
1.9- Gratificação para os profissionais do CEO.
1.10 - Gratificação de urgência para todos os profissionais lotados nas unidades de urgência e para os motoristas que prestam serviço nas ambulâncias.
1.11- Gratificação SUS para todos.
1.12- Incorporar gratificação ao vencimento de todos profissionais do Programa Saúde da Família.
1.13- Reclassificação das áreas de risco dos PSF's.
1.14- Pagamento em pecúnia das férias prêmio quando requerido pelo trabalhador.
1.15- Pagamento do vale transporte em pecúnia.
1.16- Pagamento mensal em pecúnia do protetor solar e repelente para ACE e ACS. (Valor médio R$80,00 – oitenta reais).
1.17- Restituição dos valores descontados indevidamente pela PREVICON.
1.18- Equiparação do salário dos motoristas com o maior da região metropolitana.
1.19 - Retroativo referente à concessão do teto nacional para ACE e ACS.
 
2 CARREIRA
2.1- Alteração do padrão PCCV/FAMUC lei 104/2011 para 2,5%.
2.2- Concluir e efetivar a revisão do PCCV/FAMUC lei 104/2011.
2.3- Possibilidade dos servidores do quadro setorial da administração direta optarem pela migração para o PCCV/FAMUC lei 104/2011.
2.4- Revisão de todos os PCCV da PMC.
2.5- Progressões automáticas para o nível 8 dos servidores enquadradas na lei 2102 de 1990 (vínculo PMC).
2.6- Processo interno para cargos de chefia.
2.7- Aumento de 03 para 05 dias de liberação/ano para cursos, com solicitação antecipada de até 15 dias, para todos os profissionais.
 
3 VALORIZAÇÃO DO TRABALHADOR
3.1- Redução da carga horária de 40 para 30 horas semanais sem perda salarial e de benefício, para os Motoristas, Oficiais de Administração, Técnico em Contabilidade, Técnico em Nutrição e Técnico em Segurança do Trabalho.
3.2- Redução da carga horária de 40 para 30 horas semanais sem perda salarial e de benefício, para os ACE e ACS.
3.3- Melhorar a qualidade da alimentação nas unidades de urgência.
3.4- Garantia da liberação do gozo das férias prêmio quando requerida pelo trabalhador.
3.5- Estruturar e padronizar os Pontos de Apoio das equipes de zoonose.
3.6- Melhorar  a estrutura de todas as Unidades de Saúde.
3.7- Medicina do trabalho para FAMUC.
3.8- Capacitação e Educação Continuada para todos os cargos.
3.9- Plano de Saúde e odontológico.
3.10- Auxilio Creche.
3.11- Licenças Paternidade (20 dias).
4  PROCESSO TRABALHO E QUESTÕES FUNCIONAIS
4.1- Instituir canal direto entre SINDICATO e FAMUC para discussões referentes a processos de trabalho.
4.2- Crédito do auxílio transporte no 1º dia de cada mês.
4.3- Uniforme e crachá para todos os profissionais.
4.4- Regulamentação do responsável pela abertura e fechamento das unidades.
4.5- Criação de fluxo em caso de acidente do trabalho.
4.6- Informatização de toda rede.
4.7- Padronizar o atendimento.
4.8- Recomposição do quadro profissional através de concurso público.
4.9- Manter quadro de reserva para cobrir férias e licenças.
4.10- Cumprir a lei obedecendo ao número de famílias a serem atendidas por cada PSF e por cada ACS.
4.11- Cumprir a lei obedecendo ao número de visitas a serem feitas por cada ACE.
4.12- Adequação do banco de sangue.
4.13- Parcelamento do período de férias regulamentares.
4  PROCESSO TRABALHO E QUESTÕES FUNCIONAIS
4.1- Instituir canal direto entre SINDICATO e FAMUC para discussões referentes a processos de trabalho.
4.2- Crédito do auxílio transporte no 1º dia de cada mês.
4.3- Uniforme e crachá para todos os profissionais.
4.4- Regulamentação do responsável pela abertura e fechamento das unidades.
4.5- Criação de fluxo em caso de acidente do trabalho.
4.6- Informatização de toda rede.
4.7- Padronizar o atendimento.
4.8- Recomposição do quadro profissional através de concurso público.
4.9- Manter quadro de reserva para cobrir férias e licenças.
4.10- Cumprir a lei obedecendo ao número de famílias a serem atendidas por cada PSF e por cada ACS.
4.11- Cumprir a lei obedecendo ao número de visitas a serem feitas por cada ACE.
4.12- Adequação do banco de sangue.
4.13- Parcelamento do período de férias regulamentares.
5  SEGURANÇA DO TRABALHADOR
5.1- Profissional de segurança capacitado em todas as unidades.
5.2- Postos 24 horas da Guarda Municipal nas unidades de urgência.
6  GARANTIAS
6.1- Apresentar para os trabalhadores projeto da reforma administrativa que inclui a extinção da Autarquia FAMUC.
6.1- Garantia da participação do SIND SAÚDE nos conselhos e comissões através dos trabalhadores e diretores indicados.
6.2- Liberação do trabalhador para participação em reuniões e comissões legalmente instituídas no município.
6.3- Liberação dos Diretores eleitos para exercer mandato classista.
6.4- Desburocratização do processo de filiação e desfiliação.
6.5 - Respeitar a liberdade da organização sindical.
6.6- Cumprir o acordo da campanha salarial de 2016.
6.7- Não desconto das participações em assembleias e paralisações. 

 
Sindicato Único dos Trabalhadores da Saúde de Contagem
Av. João César de Oliveira, 2771 • Sala 209 • Contagem - MG
Telefone: (31) 2559-6670 • e-mail: sindsaudecontagem@yahoo.com.br
(31) 8660-6993 Oi • 9824-4212 Vivo • 9304-0593 Tim • 8240-2330 Claro